3 dicas para entender o ano que passou e praticar a gratidão no ano que está vindo

CHEGA DE MIMIMI

3 dicas para entender o ano que passou e praticar a gratidão no ano que está vindo

Nas redes sociais as timelines estão carregadas de reclamações de 2016. Crise política, tragédias e problemas no mundo todo fazem com que as pessoas olhem apenas de forma negativa para o período. Mas a ideia é que quanto mais nos queixamos e reclamos, o nosso corpo emite um padrão eletromagnético que atrai ainda mais as pessoas e acontecimentos negativos que gostaríamos de evitar. “É como um efeito bumerangue: atraímos para a nossa vida aquilo que estamos vibrando com mais intensidade”, explica, o especialista em saúde quântica e criador do Portal Saúde Quantum Wallace Liimaa.

Para ajudar transformar o ano novo e o seu dia a dia de uma forma positiva, o especialista Wallace Liimaa listou três dicas. Confira, pratique e faça de 2017 um ano realmente novo, começando com as suas atitudes e seus os pensamentos:

Pare de reclamar

A vibração eletromagnética causada pela reclamação, associada aos sentimentos negativos, colabora para que mais acontecimentos ruins continuem se perpetuando. “A única forma de combater as energias negativas é tirando o olhar da crise e levando-o ao que é positivo, buscando ver qual o aprendizado que a crise proporciona e procurar evoluir com o desafio. Aprender a agradecer, ao invés de só reclamar, mesmo nos momentos difíceis, irá colocar a pessoa na frequência da gratidão, e isso irá lhe ajudar a ver soluções novas, ao invés de só ficar reclamando e apenas olhando para os problemas”, explica. Quanto às pessoas que se vitimizam e sofrem pelo que deu errado ao longo do ano, elas deixam o cérebro estagnado, dando volta em círculos, em torno dos problemas, sem vislumbrar a possibilidades de novas soluções. “A capacidade de agir criativamente, que é essencial para seguir adiante e mudar o que é preciso, só vem após a ativação de novas redes neurais no cérebro e a prática da gratidão abre essa possibilidade”, explica o especialista.

Agradeça o que foi positivo

Wallace provoca quem reclama do ano de 2016. “Com certeza, aconteceram mais coisas boas que ruins, mas é preciso dar atenção a elas”, explica. O especialista, que destaca a importância de acordar todos os dias agradecendo, afirma que devemos ser gratos por tudo o que é positivo, desde as coisas mais simples, como a água que bebemos e o alimento que comemos, ao ar que respiramos, e até as mais complexas, como uma vitória pessoal ou a melhoria em um relacionamento. “Mas é muito importante ter a clareza de que ser grato por tudo não significa acreditar ingenuamente que tudo sempre vai dar certo! É simplesmente enxergar um aprendizado mesmo quando as coisas podem dar errado. Quando erramos, temos a oportunidade de aprimorar e não mais repetir o erro. Isso é evolução. Aprender a agradecer, mesmo quando as coisas não dão certo nos coloca no caminho da evolução”, completa.

Faça o que é prazeroso e não dê atenção às notícias ruins

Por fim, o professor e pesquisador, que impacta mais de 600 mil pessoas nas redes sociais, indica que a elevação dos pensamentos e sentimentos positivos deve ser feita de forma consciente. “A melhor forma de fazer isso é por meio de atividades prazerosas, como a prática de esportes e exercícios físicos, ler um bom livro, viajar, assistir a um bom filme e ter um tempo dedicado às pessoas que amamos, ou práticas como meditação e oração”, ensina. Segundo Wallace, o segredo é se afastar das notícias ruins. “Você pode se informar das notícias, mas não ficar remoendo ou alimentando os sentimentos negativos”, afirma, finalizando com o que é mais importante. “Pare de reclamar, de se vitimar e guardar rancor, e direcione seus pensamentos sempre para a solução e para o aprendizado, nunca para o problema”, conclui, reforçando que isso fará com que 2017 seja um ano muito melhor.  

Texto: Redação / Notícias do Bem

19/12/2016

19/12/2016 13:11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *