70 anos transformando vidas com educação, cultura, saúde, lazer e assistência

VIDA LONGA AO SESC

70 anos transformando vidas com educação, cultura, saúde, lazer e assistência

A celebração de um aniversário sempre traz um clima nostálgico. Este mês, o Sesc completa 70 anos de atuação no estado de São Paulo, sua unidade em São José do Rio Preto faz parte dessa história, e acredito que, como eu, muitas pessoas, tenham diversas histórias para contar de momentos e experiências de entretenimento, cultura, arte e lazer vividos e/ou proporcionados pelo SESC.

Alguns desses momentos talvez você, caro leitor, até tenha compartilhado, como o prazer e a oportunidade de assistir, ao show de uma das grandes cantoras brasileiras que passaram pela terra Cássia Eller, pouco antes dela deixar esse mundo, no ano 2001 (se não me falhe a memória), E a diversão que era participar das tradicionais e tão esperadas festas juninas promovidas lá, lembram?

Os muitos filmes apresentados nas sessões cinema do Sesc, filmes que talvez eu nunca pudesse assistir em tela grande, como a animação “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu, sempre me emocionaram e me fizeram refletir…

EspetaculoSem contar nos inúmeros espetáculos que assisti, desde que cheguei em Rio Preto, como estudante de jornalismo, no início dos anos 2000, mais recentemente, no final de 2015, me lembro de ter me encantado com a apresentação no Ginásio do Sesc de um dos maiores grupos de dança do país, Quasar, e olha que entre todas as artes, a dança não é uma que eu acompanhe frequentemente nos palcos, confesso que prefiro exercitar, mas essa apresentação me emocionou e comecei a olhar essa arte de uma outra forma.

E os finais de semana com sua programação família? Quanta alegria que foi curtir com a turminha dos pequenos programas como o Jardim Cultural, que teve uma ambientação de piquenique e trouxe a diversão para a criançada por meio do universo das brincadeiras ao ar livre, entre outras interações. Foram muitos shows assistidos como Zeca Baleiro, Nando Reis, Elza Soares, Ney Matogrosso, Anelis Assunção, dancei muito, cantei junto com artistas que eu admiro, me emocionei, vivi muita arte e cultura… 

A afirmação de Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do Sesc São Paulo, traduz bem a grande vocação do SESC e o que representa essas sete décadas de história em nosso estado. “70 anos é bastante tempo e quase nada. Tão importante quanto o tempo que temos é o que fazemos dele. Fazer coisas que durem é relevante, mas coisas materiais ganham significado com pessoas. O sentido das coisas deve ser contribuir para a conscientização das pessoas. Pessoas conscientes podem enxergar a rede inseparável de relações que nos mantêm ligados aos demais seres vivos, aos recursos naturais e ao próprio planeta, para além das caixas que limitam.”. 

EspetaculoNa semana em que o Sesc São Paulo comemora 7 décadas de existência, nada melhor do que comemorar com diversas atrações. Nesta quarta-feira (13/09), a celebração ficou por conta do Grupo Los Circo Los, que transformou o SESC Rio Preto em um verdadeiro picadeiro com as apresentações “Versão Brasileira” e “Circulando”. O Grupo Terra de Dança Contemporânea também participou das comemorações com o espetáculo “Feliz Aniversário” e o trio Gato com Fome tocou sambas e chorinhos, na Comedoria. Confira as imagens lindas dessa festa pelas lentes do nosso fotógrafo Ricardo Boni.

Esperamos que essa data seja comemorada por mais outras tantas décadas e que o Sesc continue nos proporcionando tantas outros momentos. Parabéns a toda a e equipe SESC São Paulo que faz com que isso seja possível.

Vida longa ao SESC!!!

Para saber mais sobre a programação geral do SESC São Paulo acesse o link www.sescsp.org.br.

Reportagem: Thais Alves / Notícias do Bem 

Fotos: Ricardo Boni / Notícias do Bem  

14/09/2016

14/09/2016 12:37

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *