Empresas mobilizam colaboradores e a comunidade para a doação de sangue

JUNHO VERMELHO

Empresas mobilizam colaboradores e a comunidade para a doação de sangue

Nesta quarta-feira, 14 de junho, é o Dia Mundial do Doador de Sangue e diversas ações pelo Brasil e pelo mundo estão sendo realizadas. Uma das inicitativas, em alusão à data, é a do Grupo Pacaembu, que atua há mais de 20 anos na construção de empreendimentos residenciais de interesse social. Neste ano, a empresa intensificou o seu apoio à campanha Junho Vermelho, que visa a conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue e estimulá-las a praticar esse gesto solidário. Ao longo de todo o mês de junho, as obras, plantões de vendas e escritórios da construtora vão repercutir as mensagens da campanha por meio de diversas mídias, especialmente pelos canais de comunicação voltados aos colaboradores.

Segundo o Movimento Eu Dou Sangue pelo Brasil, que encabeça a iniciativa, nesta época do ano, historicamente, há redução dos estoques de sangue nos hemocentros de todo o país. A organização estima que a queda seja de 30% entre junho e agosto. A iniciativa também promove a conscientização de que doar sangue deve ser um hábito permanente entre os brasileiros.

Consciente de sua responsabilidade social, o Grupo Pacaembu abraçou a causa. A área de Recursos Humanos da empresa está realizando uma campanha de comunicação interna com peças para disseminar a mensagem e, principalmente, divulgar os locais para doação de sangue. Ao longo do mês, a construtora está incentivando as doações com banner no site e na intranet, papel de parede nos computadores, comunicados e vídeos de conscientização.

“No dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, distribuiremos um coração anti-stress aos colaboradores, além disso, grupos de colaboradores serão organizados em cada cidade para realizarem doações nos hemocentros locais”, comenta Jacqueline Fernandes, gerente de desenvolvimento organizacional do Grupo Pacaembu.

Apoiando à campanha, a empresa reforça sua capacidade de mobilização social junto aos colaboradores para conseguir o maior número de doadores entre eles. “Uma doação pode beneficiar até três pessoas e nosso quadro conta com milhares de colaboradores em todo o Estado de São Paulo. Assim divulgar o Junho Vermelho é fundamental para conscientizá-los sobre a necessidade de doar sangue e estimular essa iniciativa”, explica Jacqueline. 

Este é o segundo ano que a construtora mobiliza seus profissionais em torno do Junho Vermelho. Em 2016, a empresa já começou a realizar a orientação aos colaboradores sobre a importância da doação de sangue e a reunir grupos de doadores. Equipes de empreendimentos em Barretos, Catanduva, São José do Rio Preto e Votuporanga foram aos hemocentros para realizarem o ato.

Senac São Paulo ilumina unidades em apoio ao Junho Vermelho

Outra instituição que aderiu à causa foi o Senac São Paulo. Em apoio à campanha Eu Dou Sangue pelo Brasil,11 unidades no estado recebem iluminação vermelha.  Na capital e Grande São Paulo, participam as unidades Aclimação, Largo Treze, Tiradentes, Guarulhos, São Bernardo do Campo, além do edifício sede do Senac, localizado na região central de São Paulo. Já no interior, Barretos, Campinas, Guaratinguetá, Presidente Prudente, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto reforçam a ação.

JUNHO VERMELHO

A campanha Junho Vermelho teve início em 2011 e é realizada pelo Movimento Eu Dou Sangue, envolvendo diversos setores da sociedade, no Estado de São Paulo. Tornou-se nacional em 2014 e ganhou mais força em 2015. Hoje, a iniciativa é conhecida como “Eu Dou Sangue pelo Brasil”. E a lei nº 16.389, de 15 de março de 2017, instituiu o Junho Vermelho como evento oficial no calendário do Estado de São Paulo. Confira no site www.eudousangue.com.br quem pode e quem não pode doar sangue, locais para doação, entre outras informações.

Texto e fotos: Divulgação 14/06/2017

14/06/2017 12:47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *