Esap completa 13 anos trabalhando para melhorar Palestina

13 ANOS

Esap completa mais um ano e segue trabalhando para levar cada vez mais saneamento para Palestina

Esap, controlada pela Iguá Saneamento e pela Aviva Ambiental, comemora 13 anos de prestação de serviços de água e esgoto, neste mês de novembro, e segue com uma proposta de trabalho pautada na inovação e em melhorias para a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida dos 12 mil moradores de Palestina.

“Temos clareza de tudo que realizamos nesse tempo de contrato e seguimos com o olhar cada vez mais voltado para os nossos clientes já que fazemos parte da vida da população. Para isso, estamos investindo sempre em novos canais de relacionamento e ferramentas que simplificam a vida de quem utiliza nossos serviços. Além disso, nosso planejamento sempre contempla melhorias nos sistemas da cidade”, explica o diretor geral da Esap, Antonio Hercules Neto.

Rumo à universalização

ETEEsap transformou o saneamento básico do município. Boa parte das iniciativas foram direcionadas aos avanços no esgotamento sanitário. Uma das principais obras foi a construção da ETE em Duplo Céu, em 2017, elevando de 83% para 95% o índice de tratamento de esgoto, transformando a vida dos dois mil moradores do Distrito que antes conviviam com esgoto a céu aberto.

Outra ação importante no setor de esgotamento sanitário foi o desassoreamento da lagoa da Estação de Tratamento de Esgoto Piau, aumentando a remoção da carga orgânica, melhorando a eficácia do processo de tratamento.

Este ano, a empresa deu mais um importante passo para atingir a universalização com a entrega da Estação de Tratamento de Esgoto em Jurupeba, aumentando o índice de tratamento para 97%. “Nosso objetivo é finalizar nos próximos meses as interligações dos imóveis de Jurupeba à rede coletora de esgoto e iniciar o processo de tratamento até o final do ano. Depois disso, vamos retomar às obras do sistema de esgotamento sanitário em Boturuna, atingindo a universalização ainda em 2021”, conta Hercules.

Água de qualidade

Durante esse período, levar água de qualidade para os imóveis da cidade sempre foi prioridade para a concessionária. Antes de 2008, os moradores conviviam diariamente sem água nas torneiras no período da tarde. Além disso, a água não era tratada de acordo com as exigências do Ministério da Saúde e demais órgãos regulamentadores. Desde então esse cenário mudou, 100% dos moradores podem beber água direto da torneira com segurança e uma nova geração de crianças está crescendo com flúor na medida certa para a saúde bucal.

ETEÉ o caso do Marcos Cazonato. Nascido em Palestina, ele faz parte deste time desde o primeiro dia de assinatura do contrato e tem encarado sempre novos desafios, conquistando muitas proporcionando muitas mudanças na sua vida profissional e pessoal.

“Trabalhei a vida toda na roça e tive a oportunidade de trabalhar como leiturista em 2007, depois disso fui convidado para fazer um curso técnico em Química e faculdade de Engenharia Química e só consegui superar todos os obstáculos com muito esforço e apoio recebido da empresa. Hoje, trabalho como coordenador operacional e tenho muito orgulho de tudo que estamos construindo para o desenvolvimento dessa cidade que amo tanto, Palestina”, conta Marcos.

Segundo Hercules, essa prática de valorizar e acreditar nos colaboradores é uma das premissas da Iguá Saneamento. “Trabalhamos para transformar o saneamento e os nossos colaboradores são protagonistas nessa mudança. Para sermos cada vez melhores contamos com talentos com sede de inovação, que trabalham com energia para cumprir esse propósito”, explica.

03/11/2020

03/11/2020 17:10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *