Esap completa 14 anos de investimentos em qualidade de vida para Palestina

A Esap, empresa do Grupo Iguá e Aviva Ambiental, completa neste mês de novembro 14 anos de prestação de serviços de água e esgoto e reforça o compromisso com a saúde e bem-estar no dia a dia dos mais de 13 mil moradores de Palestina.

“Nossa equipe é formada em sua maioria por moradores da cidade. Essas pessoas trabalham diariamente comprometidas e engajadas em melhorar a vida dos vizinhos, amigos e familiares de todos os seus conterrâneos. Temos muito orgulho de tudo que já fizemos até aqui e estamos prontos para os próximos desafios na missão de ser a ‘Melhor empresa de Saneamento para o Brasil’, no presente e para as futuras gerações”, ressalta o diretor geral da Esap, Luís Guilherme Bizelli.

Confira 5 fatos marcantes desses 14 anos

1 – Ampliação da cobertura de esgoto

ETE Jurupeba. Foto André Giorgi

Quando a empresa chegou na cidade, apenas 83% do esgoto era coletado e tratado. Com as inaugurações das estações de tratamento Duplo Céu, em 2017, e Jurupeba, em 2020, a Esap transformou o saneamento básico do município, atingindo 99%. Outra ação importante nesta área foi o desassoreamento da lagoa da Estação de Tratamento de Esgoto Piau, aumentando a remoção da carga orgânica, melhorando a eficácia do processo. A próxima missão é totalizar 100% de esgotamento sanitário em 2022 com a construção de infraestrutura no distrito de Boturuna.

2 – Água nas torneiras

Qualidade na água foto: Ricardo Boni

Quem mora em Palestina há muito tempo, sabe que antes da chegada da Esap era comum faltar água nas torneiras todas as tardes. Desde o início do contrato de concessão, garantir o abastecimento da população é uma das premissas. Para isso, a empresa investiu em tecnologias para tratamento, seguindo rigorosamente às exigências do Ministério da Saúde e órgãos regulamentadores, ampliação de redes de distribuição, novos poços e reformas e construções de novos reservatórios.

3 – Qualidade comprovada

A água, captada dos poços distribuídos em 14 reservatórios pela cidade, é tratada de acordo com as legislações vigentes e a qualidade é medida diariamente em um laboratório especializado. Para se ter ideia, são realizadas 1,5 mil análises por mês abrangendo parâmetros físico-químicos, orgânicos, inorgânicos e biológicos, em um laboratório próprio construído pela Esap.

Aparelho geofone que identifica o local exato do vazamento.
Foto: Ricardo Boni

4 – Exemplo nacional

A Esap sempre investiu em tecnologia de ponta para acompanhamentos diários da perda de água no sistema. Com isso, Palestina foi citada como um case de sucesso na 8ª edição do Panorama da Participação Privada no Saneamento, uma iniciativa da ABCON SINDCON que traz os principais números das operações privadas do país. Com índice de 11% (referência de maio de 2020 e abril de 2021), um dos menores do Brasil e do mundo. Para alcançar essa marca, a empresa realiza: acompanhamentos diários nos sistemas de distribuição com pesquisas de vazamentos; aplicação de escuta mecânica nos cavaletes residenciais; geofone que identifica o local exato para que a manutenção seja efetuada no menor prazo possível, campanhas de conscientização; ações antifraudes e setorização dos sistemas de água da cidade.

5 – Atitudes de sustentabilidade

A concessionária atua junto à comunidade local e em parceria com a Prefeitura Municipal, promovendo e apoiando projetos de sustentabilidade para conscientizar a população sobre a importância do saneamento básico para a vida e o meio ambiente, além de realizar atividades em prol da conservação da natureza. Entre elas: plantios de mudas de árvores nativas da região, palestras educativas nas escolas, visitas monitoradas nas instalações, caminhadas ecológicas, concurso de redação e entregas de cestas básicas.

Estação de Tratamento de Esgoto de Palestina, ETE Piau. Foto Marcos Cazanoto

ESAP EM NÚMEROS
População local: 13,1 mil habitantes
Início: 2007
Duração do contrato: 41 anos
Total de colaboradores: 14
Cobertura de água: 100%
Ligações ativas de água: aproximadamente 5 mil
Extensão de redes de água no município: cerca de 70 km
Sistemas de Tratamento de água: Central, Bento Ferraz, Cohab, Jardim do Bosque, Jardim Planalto, Jardim Amélia, Jurupeba, Boturuna e Duplo Céu.
Total de Reservatórios: 14 com capacidade de armazenamento de mais de 13 milhões de litros de água no total.
Mais de 2 milhões de litros de água são tratados todos os dias.
Análises de água: 1,5 mil por mês.
Cobertura de esgoto: 99%
Ligações de esgoto: cerca de 4,5 mil
Mais de 1,8 milhões litros de esgoto são tratados todos os dias.
Extensão de redes de coleta de esgoto: cerca de 80 km.
Total de Estações de Tratamento: 03 (ETE Piau; ETE Duplo Céu; ETE Jurupeba)
Total de Estações Elevatórias: 7

Para acompanhar e saber mais sobre o trabalho realizado pela Esap é só acessar www.igua.com.br/esap.

Texto: Fernanda Peixe / Notícias do Bem
Fotos: Ricardo Boni / Noticias do Bem | Marcos Cazanoto e André Giorgi / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *