FIT 2019 divulga obras selecionadas para 50ª edição

CENA RIO PRETO

FIT 2019 divulga obras selecionadas para 50ª edição

O FIT Rio Preto – Festival Internacional de São José do Rio Preto – edição 50 anos – que acontece entre os dias 4 e 13 de julho, já tem definidos os projetos dos grupos locais que integrarão a programação da edição 2019, do módulo Cena Rio Preto.

ImprudeiaO formato de seleção dos projetos iniciado em 2017, a Cena Rio Preto, oferece aos inscritos três opções de participação: Módulo A – Apresentações, no qual as peças selecionadas realizam duas sessões durante o Festival, Módulo B – Obras Abertas à Provocação, destinado a espetáculos em processo ou já finalizados, que receberão a contribuição de um artista convidado para reflexões críticas e exercícios da prática teatral, e Módulo C – Abertura de Novos Processos, direcionado a propostas embrionárias que receberão a contribuição de um profissional das artes cênicas, em formato de residência artística.

Neste ano, a Cena Rio Preto recebeu 20 inscrições. Foram 15 no Módulo A, quatro inscrições no Módulo B e uma inscrição no Módulo C. Foram selecionados no total, seis obras, sendo três no Módulo A e outras três no Módulo B. No Módulo C não houve selecionados. São eles: Módulo A: Alice & Baltazar ou Indevassável, de Homero Ferreira, Humalteridade, do grupo Asa de Borboleta Performance Art e Imprudências Poéticas, da Cia dos Pés, Módulo B: Teoremas para Derivar, do Grupo Kahlos, Corpomáquina, do grupo Robô.art, Não tem véu, nem réu, tem revolução, do Coletivo As Manas.

HumalteridadeO processo de curadoria com a avaliação e seleção dos projetos aconteceu no mês de fevereiro e contou com uma comissão formada por profissionais de renome nacional: Alexandre Dal Farra, doutorando Artes Cênicas da ECA/USP, dramaturgo, diretor e escritor, indicado aos principais prêmios brasileiros do teatro, ganhador do prêmio Shell de melhor autor, Adriana Macedo, jornalista com pós-graduação em Gestão Cultural, integrante da equipe do Sesc São Paulo, na programação de artes cênicas e atua como assistente da Gerência de Ação Cultural do Sesc, e Ruy Filho, idealizador e editor da revista Antro Positivo, publicação sobre artes cênicas e pensamento contemporâneo, bacharel em Artes Visuais, é integrante da International Association of Theatre Critics, assumiu em 2017 a curadoria para teatro, dança e performance do Centro da Terra (São Paulo).


Os grupos selecionados no Módulo B agora estão trabalhando junto à curadoria e Coordenação Executiva do Festival para a escolha dos profissionais que  desenvolverão as residências artísticas. Todos os participantes deste módulo também apresentarão ao menos uma atividade cada um na programação do FIT 2019.

AliceNeste ano, o FIT Rio Preto completa 50 anos de história, sendo esta a 19ª edição internacional. O festival é uma mostra nacional e internacional de peças teatrais de diversos gêneros e formatos, inéditos ou não, para público adulto e infantojuvenil, em espaços fechados ou de rua, selecionados e/ou convidados. O FIT é uma realização da Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto e do Sesc São Paulo e acontecerá de 4 a 13 de julho. A programação completa será divulgada em junho.

SELECIONADOS CENA RIO PRETO:

MÓDULO A
Alice & Baltazar ou Indevassável – (Homero Ferreira)
Humalteridade – (Asa de Borboleta Performance Art)
Imprudências Poéticas – (Cia dos Pés)

CorpomeinaMÓDULO B
Teoremas para Derivar- (Grupo Kahlos)
Corpomáquina – (Robô.art)
Não tem véu, nem réu, tem revolução – (Coletivo As Manas)
22/04/2019

22/04/2019 13:51

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *