Futura lança minicurso online gratuito para apoiar professores na volta às aulas

 Construído em parceria com o SESI-SP, a formação visa apoiar profissionais da educação em competências socioemocionais, com foco no autodesenvolvimento e aprimoramento das relações interpessoais 

Por ser fruto de alianças estratégicas, algumas das quais com instituições que atuam diretamente com educação, o Futura constrói projetos a partir do diálogo constante com o “chão de escola”. Este minicurso surgiu de conversas com a rede de escolas do SESI-SP em meio às suas ações de planejamento para 2022. 

O início do ano letivo se aproxima e com ele a possibilidade de retorno às aulas presenciais, após dois anos de ensino online e híbrido. Durante esse processo de retomada, tornou-se ainda mais importante o desenvolvimento das competências socioemocionais a fim de criar um ambiente receptivo a todos e todas e fortalecer as relações interpessoais.  

Com o objetivo de apoiar os(as) educadores(as) nesta volta às aulas, a Fundação Roberto Marinho e o Futura, em parceria com o SESI-SP, lançam o minicurso online e gratuito “Mediação, arte e convivência – cuidando de si e das relações para o retorno escolar presencial”. O curso é autoinstrucional, tem certificado e o conteúdo já está disponível na plataforma de cursos do Futura: www.futura.org.br/cursos

Com carga horária total de 5 horas, o objetivo do curso é apoiar os professores e gestores escolares a desenvolverem as suas competências socioemocionais para então trabalharem este conteúdo com os estudantes. Ou seja: formar professores e gestores, para que estes possam formar estudantes. 

Desenvolvido por Karen Aquini — educadora, pesquisadora, criadora e facilitadora de projetos e cursos com foco em arte e cultura —, o conteúdo reúne temas como: autoconhecimento; impactos da pandemia na educação; criatividade; conexão e cuidado consigo; curiosidade; práticas individuais e coletivizadas.  

“O curso surgiu a partir do contexto de retorno às aulas presenciais e considerando os desafios que profissionais da educação e estudantes têm enfrentado desde o início da pandemia. Fica cada vez mais evidente, principalmente depois da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que a escola precisa considerar o desenvolvimento integral dos sujeitos, incluindo, além da aprendizagem cognitiva, a socioemocional.”, conta Karen Aquini. Para ela, antes de pensar na formação dos jovens e crianças, é necessário que os próprios profissionais da educação tenham oportunidades de autodesenvolvimento socioemocional, e foi a partir dessa percepção que o curso foi estruturado. Considerando uma jornada de aprendizado não apenas teórica e conceitual, mas que, a partir da inspiração em diferentes metodologias e no campo da arte, proporciona experiências práticas de autoconhecimento, empatia, cooperação, abertura ao novo e criatividade. “Esperamos que, depois dos cursos, educadores e gestores escolares se sintam inspirados e motivados a continuarem suas jornadas de desenvolvimento socioemocional e de serem propositores desse tipo de experiência na escola e, mais do que isso, se reconectem com a potência de suas práticas educativas cotidianas na cocriação de novos caminhos para a escola e para a educação” complementa. 

Cada cursista tem autonomia para definir seus horários de estudo e seguir a carga horária diária da forma que desejar, e quem concluir todas as aulas e atividades da trilha de aprendizagem será certificado. Apesar de a formação ter o objetivo de impactar principalmente os educadores, qualquer pessoa interessada no tema pode se matricular na plataforma de cursos do Futura

Segundo Daniela Berbel, Supervisora Técnico- Educacional do SESI-SP: “É importante que, em seu planejamento de ações, as instituições de ensino observem todo o contexto social e sua realidade local. Em um momento de pandemia, que se estende há quase dois anos, o mundo todo foi impactado em aspectos dos mais diversos como redução de renda, impactos na aprendizagem, saúde mental com aumento de estresse e ansiedade. Paralelamente, a formação integral do estudante é uma prioridade para o SESI-SP, uma educação ao longo da vida, que viabilize a compreensão de si, do outro e do mundo. A amplitude da atuação para desenvolvimento das competências e habilidades socioemocionais dos estudantes se dá em diferentes eixos como a educação de sentimentos e valores, a cultura democrática e o projeto de vida. Compreendemos que o minicurso promovido fortalece nossa concepção e prepara de modo significativo os educadores para o retorno às aulas em 2022.” 

Serviço: 

Curso: Mediação, arte e convivência – cuidando de si e das relações para o retorno escolar presencial 
Disponível em: https://www.futura.org.br/cursos/mediacao-arte-e-convivencia-cuidado-de-si-e-das-relacoes-para-o-retorno-escolar-presencial/ 
Carga Horária: 5 horas 
Acesso: gratuito 

Texto: Caroline Romano / Approach Comunicação  / Divulgação
Fotos: Arquivo de Imagens / Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *