Guilherme Baffi apresenta projeto cultural ‘Transeuntes – Vida em Movimento’

A pandemia da Covid-19 afetou a todos, e mudou, e muito, a forma como vivemos em sociedade. Foram dias, meses e anos de adaptação, medo, cuidados. Agora, passados os piores momentos da pandemia histórica que isolou pessoas e impôs o distanciamento social, a vida retoma seu movimento.

Com esse foco, o fotógrafo Guilherme Baffi inaugura hoje, dia 25 de abril, no Riopreto Shopping, a exposição “Transeuntes – Vida em Movimento”, por meio do PROAC Direto. A mostra pode ser visitada até domingo, dia 1 de maio, na Praça 2 de Eventos.

O projeto é um convite à reflexão sobre o convívio em sociedade nesta volta do transitar. Itinerante, a exposição fotográfica, com entrada gratuita, visitará ainda as cidades de Mirassol, Bálsamo, Votuporanga e retorna a Rio Preto no Terminal Urbano.

Por um bom tempo, transitar pela cidade, principalmente para quem utiliza o transporte público, se configurou como um ato repleto de cuidados. Cruzar dezenas de pessoas em um terminal urbano todos os dias não era mais algo corriqueiro e cotidiano, já que a aglomeração fazia a pandemia crescer e avançar. Pessoas ficaram isoladas, algumas em família e outras sozinhas; outras tiveram que transitar mesmo diante de tantos riscos para garantir seu sustento; e outras ainda tiveram seus transitares interrompidos por uma doença até então praticamente desconhecida. Ou seja, a pandemia reconfigurou a dinâmica do transitar no espaço urbano.

A vida vai retomando aos poucos sua antiga normalidade, mas a máscara, apesar de liberada, ainda se faz presente, revelando que levará certo tempo para se restabelecer a realidade de antes. As pessoas seguem transitando, cruzando a cidade para trabalhar, estudar, passear, enfim, viver. Mas cada um traz consigo uma lição aprendida nesse momento tão difícil da humanidade.

E como essa lição interfere no ato de transitar de cada pessoa? É possível captá-la pelo olhar, pela expressão escondida por uma máscara ou revelada por um sorriso? As fotos expostas em “Transeuntes – Vida em Movimento” buscam responder a estas perguntas.

Todos os locais visitados pela exposição tem entrada livre e acessibilidade para que toda a população aproveite os dias de arte e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *