Projeto Paulo Freire ensina jovens e adultos a ler e escrever em Rio Preto

EDUCAÇÃO PARA TODOS

Projeto Paulo Freire ensina jovens e adultos a ler e escrever em Rio Preto

“Eu quero escrever! Eu não estudei quase nada, ninguém me ensinou quase nada direito. Eu só sei fazer meu nome. Às vezes, eu quero fazer uma conta e não sei direto, porque é difícil para mim. Eu queria mesmo é poder escrever uma carta para alguém de longe sem precisar pedir para ninguém”,

Ler e escrever e assim poder enxergar e entender o mundo com outros olhos e mais liberdade. O que para a maioria é uma prática comum do dia a dia, aprendida desde muito cedo, para outros, que não tiveram a mesma oportunidade, é um sonho, às vezes, tão distante…

Na última segunda-feira, 20 de março, a equipe do Notícias do Bem acompanhou a primeira aula do projeto Paulo Freire na Cooperlagos (Cooperativa de Coleta Seletiva, Beneficiamento e Transformação de Materiais Recicláveis de São José do Rio Preto) e registrou a emoção dos alunos, muitos dando seus primeiros passos no mundo das letras, e a felicidade de poder aprender.

NicanorO relato do início da matéria é do senhor Nicanor Fidelis do Reis, de 52 anos, morador de São José do Rio Preto e um dos trabalhadores da Cooperlagos. A partir desta semana, o senhor Nicanor e mais 15 outros colegas, de segunda a sexta, das 16h às 18h, estarão na sala de aula, montada dentro da própria cooperativa, aprendendo a ler e escrever. Com as aulas, o senhor Nicanor poderá finalmente registrar suas próprias histórias e enviar a carta, tão sonhada, para os amigos de longe. Dessa vez, escrita pelo seu próprio punho.

“Essa iniciativa já é um sonho antigo nosso. Nós tivemos em 2011 uma turma, mas depois o projeto acabou não acontecendo mais. Agora, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, conseguimos retomar. Nós temos uma demanda de 15 cooperados com dificuldades, parte deles analfabetos, aqueles que não assinam o próprio documento, ao invés disso tem a impressão digital, e tem o analfabeto funcional, que sabe ou ler, mas não escreve, ou só assina o nome. É difícil imaginar hoje alguém que não consegue ler e escrever. Por isso é muito importante para eles, pois estamos possibilitando a essas pessoas uma leitura de mundo, uma abertura, um conhecimento que é fundamental, é uma oportunidade de empoderamento”, explica a coordenadora e assistente social do Cooperlagos, Tereza Marta Pagliotto.

RenatoRenato Vinicius Rosa, de 25 anos, também e um dos alunos do projeto. Ainda tão jovem, ele espera com aulas aprender cada vez mais. “Eu não sei ler, não sei matemática também. Eu só sei escrever meu nome. Meu sonho sempre foi aprender a ler e escrever. Agora, com as aulas sendo dentro da cooperativa, fica muito mais fácil poder estudar e é bom ter uma classe com os colegas de trabalho te apoiando”, ressalta ele.

Para a professora Jully Ane Benhossi a grande vontade, desde a infância, que eles têm de aprender, não acaba com o tempo, ela só aumenta e é latente. Isso torna a nossa vontade de querer ensinar ainda maior. Quando você é criança e está aprendendo é tudo uma aventura, ela não tem aquele bloqueio que os mais velhos têm. Mas quando o jovem ou o adulto descobre o universo do ler e escrever e o quanto isso modifica a vida, eles se soltam até mais que os pequenos.”, comenta a professora.

A equipe do Notícias do Bem vai acompanhar o desenvolvimento do seu Nicanor, do Renato e seus colegas de classe na aventura pelo mundo do saber e trazer outras histórias de vida como esta, que nos ensina que nunca é tarde para aprender e que a liberdade do conhecimento é o maior bem que se pode ter.

Se você é daqui de São José do Rio Preto e conhece alguém que não sabe ler nem escrever e que queira aprender, entre e contato com a Cooperlagos (17) 3212-1530 e saiba como participar das aulas, que são abertas para a população.

Se você mora em outra cidade, procure a Secretaria Municipal de Educação e saiba os projetos de ensino para jovens e adultos que são desenvolvidos em seu município e ajude a levar ensino a quem precisa!

Reportagem: Thais Alves / Notícias do Bem
Fotos: Ricardo Boni / Notícias do Bem

20/03/2017 17:37

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *