Temporada Sinfônica no Riopreto Shopping

MUITO MOZART E MPB

Orquestra Sinfônica de Rio Preto se apresenta no Riopreto Shopping

A junção entre Mozart e MPB pode não dar samba ou bossa (quem sabe?), mas com toda certeza resulta em momentos marcantes, em peças executadas com maestria pela Orquestra Sinfônica de Rio Preto. Afinal, esta é a proposta da “Temporada Sinfônica Riopreto Shopping”, que prossegue neste dia 25 de abril, com nova apresentação do projeto: reunir o clássico, o erudito e o popular em uma mesma exibição e aproximá-la o máximo possível do público.

Desta vez, Mozart vai brilhar no palco do centro de compras, ao lado de obras da música popular brasileira compostas entre outras por Toquinho e Vinicius de Moraes.

ORQUESTRA“Mozart é considerado um dos maiores gênios da humanidade, um compositor muito admirado não só pelos músicos como pelo mundo inteiro. Com certeza ele foi o ponto alto do classicismo da música ocidental, o maior compositor do período clássico. Mostraremos algumas peças bem conhecidas como a Serenata de Mozart e outras não tão conhecidas, mas de igual beleza, como o Minueto da Sinfonia 39”, explica o maestro titular da Orquestra, Gilmar de Assis.

O gênio austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756/1791) nasceu em Salzsburg em 1756 e foi um fenômeno durante toda sua vida. Wolfgang Amadeus Mozart. Aos três anos já conseguia tirar melodias do cravo, e chorava quando alguém tocava alto demais ou de forma desafinada. Aos quatro anos já tocava violino e cravo de forma tão fluente quanto uma criança com o triplo de sua idade e o triplo de tempo de estudos musicais.

Aos cinco anos Mozart já compunha minuetos e outras peças pequenas, aos 11 já havia finalizado seu primeiro concerto.

Entre as obras de Mozart estão 41 sinfonias, 27 concertos para piano, cinco concertos para violino, quatro concertos para trompas, um concerto para flauta, um para oboé, um para clarineta, um para fagote, uma sinfonia concertante para violino, viola e orquestra, sinfonia concertante para quatro instrumentos de sopro e orquestra, um concerto para dois pianos, um concerto para três pianos, um concerto para flauta e harpa, concertone para dois violinos, 17 divertimentos, treze serenatas, mais de cem minuetos, gavotas, marchas e outras peças para dança, frequentemente agrupadas em conjuntos de seis.

Da música vocal composta por Mozart, fazem parte 19 missas (incluindo o Requiem), 4 cantatas, vésperas e uma dezena de obras corais e orquestrais menores, 24 óperas e outras obras para o palco (incluindo, Idomeneo, O Rapto do Serralho, As Bodas de Fígaro, Cosi Fan Tutte, Don Giovanni e A Flauta Mágica), 12 árias de concerto, a cantata Exultante, Jubilate e um punhado de peças menores para voz solista e orquestra, 50 canções para voz e piano.

No palco do Riopreto Shopping, Mozart estará “acompanhado” de clássicos da MPB. O maestro Gilmar de Assis disse que buscou equilibrar entre canções bem conhecidas e outras não tão difundidas, mas igualmente valiosas.

“O processo de escolha é sempre muito difícil, pois temos reportório muito vasto e de grande qualidade. Desta vez pegamos Ponteio, de Edu Lobo (música vencedora do Festival da Canção de 1967) e outras mais executadas como Aquarela, de Toquinho, e Pela Luz dos Olhos Teus, de Vinicius de Moraes”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *