Uma inspiração no Dia Mundial da Dança

QUEM DANÇA SEUS MALES ESPANTA!

Uma inspiração no Dia Mundial da Dança

“Quem dança seus males espanta”. É bem verdade!

…seus males espanta e a alegria se atrai. A satisfação é única de expressar por meio do corpo todo o ritmo que carregamos dentro de nós. Ritmo que nos envolve por meio de uma música ou mesmo no silêncio quando o gingado é incorporado nos pensamentos e deixamos no levar…

Dançar sozinho? Que delícia é rodar e movimentar-se, sem amarras. Eu danço sozinha! Na frente do espelho então, nem se fala. No meio do salão, sem vergonha, que sensação de liberdade!

EspetáculoQuando acompanhado, todo o envolvimento, a energia trocada, a expressão sublime de um “dois pra lá, dois pra cá”, simplesmente nos leva às nuvens. Que sentimento bom!

Que tal dançar para não dançar? Dance, dance, dance! Gaste o tempo comigo. Não, não tenha juízo, dê se ao luxo de estar sendo fútil agora”. Futilidade divina!

Então, “baila comigo, como se baila na tribo…”. Bailam corujas e pirilampos…” é da natureza!

Eu danço, tu danças, ele dança, então dancemos todos!!!

Cada um no seu ritmo, ao seu tempo, expressando sentimentos e extravasando a energia.

Já dizia Friedrich Nietzsche perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nenhuma vez…

E aí, já dançou hoje?  Então, dança!

Texto: Thais Alves / Notícias do Bem
Fotos: Ricardo Boni / Notícias do Bem


29 de Abril – Dia Mundial da Dança – A data foi criada em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da UNESCO, que escolheu o dia 29 de abril como o Dia Internacional da Dança. A comemoração tem por base o dia de nascimento de Jean-Georges Noverre, que nasceu em 1727 e foi um dos grandes nomes mundiais da dança. A comemoração tem como objetivo celebrar esta arte e mostrar a sua universalidade, independentemente das barreiras políticas, culturais e éticas.

29/04/2016

28/04/2016 23:52

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *