VOLUNTARIADO EMPRESARIAL

Por: Graziella Castilho, Presidente da Junior Achievement RJ

E o que é voluntariado para mim? É doar o que se tem de maior valor – no nosso caso, TEMPO e CONHECIMENTO – em troca de uma sensação que não se pode medir o valor.

Existem muitos motivos para uma pessoa querer ser voluntária: pode ser pelo desejo de fazer pelo outro porquê de fato sente a dor do próximo e quer ajudar, ou porque a pessoa está inserida num contexto e a sociedade cobra dela uma devolutiva do bem, ou ainda porque a pessoa precisa resolver a sua própria dor ou dívida com o universo. O motivo pouco importa, desde que o indivíduo doe o que tiver para doar: tempo, conhecimento, uma palavra, um sorriso, uma conexão, dinheiro… tudo é muito importante! E há alguém para doar para cada pessoa que receber uma doação.

Graziella Castilho, Presidente da Junior Achievement RJ

Neste artigo, gostaria de chamar a atenção para o tipo de voluntariado que melhor desenvolvemos na Junior Achievement — uma ONG de educação empreendedora para jovens —, o Voluntariado Empresarial, que acontece em parceria entre instituições não governamentais e empresas privadas que implementam o voluntariado como uma ação de endomarketing para melhorar o clima organizacional ao passo que fomenta atitudes boas para com a sociedade. Neste formado, a empresa oferece aos seus colaboradores a chance de participar dos projetos apoiados pela sua área de responsabilidade social.

Este tipo de voluntariado pode ser presencial ou online e, garanto: ambos funcionam, com seus pontos positivos cada qual.

Mas, o que de fato conseguimos promover em parceria com as empresas que nos apoiam e recebem a contrapartida do voluntariado empresarial?

  • Alinhamento do propósito da empresa junto aos seus colaboradores;
  • A ação de responsabilidade social aproxima o voluntariado empresarial, gerando a sensação de pertencimento para o colaborador;
  • Posicionamento social da empresa, unindo colaboradores e comunidade. Quando levamos o colaborador para fora da empresa, a visão sobre o todo se amplia, podendo impactar ainda na criatividade e inspirações na rotina de trabalho;
  • Engajamento entre colaboradores, é comum pessoas trabalharem lado a lado por anos, e não saberem características e gostos em comum, o voluntariado promove estas descobertas;
  • Trabalho em equipe, que é a essência do voluntariado;
  • Integração com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) – dependendo da atividade da empresa o voluntariado pode estar alinhado com vários objetivos definidos pela ONU;
  • Treinamento, e este é um ponto muito importante. Todas as vezes que estamos juntos com a área da RH o voluntariado corporativo ganha mais força, por dois motivos: O RH sempre tem mais verba que a área de sustentabilidade, e porque trazemos o voluntariado como ferramenta de treinamento.

Vou dar um exemplo no caso da Junior Achievement RJ, todos os nossos voluntários precisam passar pela etapa de capacitação antes de ir para a sala de aula ensinar os alunos. A nossa capacitação é um treinamento de um novo conteúdo, muitas vezes sobre empreendedorismo, finanças, gestão. Isso aumenta os conhecimentos dos colaboradores engajados, além de desenvolver competências socioemocionais, como empatia, responsabilidade, intercomunicação, entre outros. 

voluntariado

Outra competência que o voluntariado empresarial nos traz é a ampliação da visão. Claro, você passa a sentir a dor do outro e quando isso acontece, a sua visão de mundo se amplia. Humaniza as relações. Um outro ganho notável do voluntariado empresarial é explorar potenciais. Por exemplo, podemos pegar um engenheiro e colocar na cozinha fazendo bandejão e talvez ele nunca tenha feito algo na cozinha antes. Exploramos potenciais que às vezes as pessoas nem sabiam que tinham.

Ganhamos também em reciclagem profissional. Muitas vezes encontramos em empresas um profissional com formação numa determinada área, mas desempenha suas funções em outro setor, desconectado da sua formação original, podemos colocá-lo para voluntariar naquela área de conhecimento dele, promovendo o interesse pela busca de atualização e novas informações para trocar.

voluntariado

No trabalho voluntário com a Junior Achievement, ainda destacamos a avaliação de resultados/Indicadores, visando levar para as empresas ferramentas de medição de resultados que são de extrema importância, inclusive para avaliar se o projeto que aconteceu tem a ver com os propósitos do negócio.

Não posso deixar de citar um dos maiores ganhos do voluntariado corporativo, a retenção de colaboradores. E arrisco dizer que essas ações engajam o profissional talvez com a mesma força de um bom pacote de benefícios. Um colaborador extremamente engajado com a ação social da empresa como voluntário, tenho certeza de que, caso ele receba uma proposta de outra empresa que não tem programa de voluntariado, pode ser que ele não aceite trocar de emprego.

Se a sua empresa ainda não promove para os seus colaboradores ferramentas de engajamento social, está na hora de buscar a melhor solução de acordo com os propósitos do empreendimento. Com certeza existem diversas oportunidades que conversam com os seus objetivos empresariais.

E acreditem, engajamento social não está ligado ao tamanho da empresa e sim com a vontade de fazer diferente algo pelo bem do outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *